Skip to main content

Pense como quiser, mas comporte-se como os outros

Quando falo aqui sobre ser um homem confiante e corajoso, sobre ser um Alfa, alguns leitores se confundem por causa das suas próprias convicções sobre o que é ser um homem de verdade.

Alguns tem uma concepção de que “O Homem” tem que ser um cara grosso que impõe suas vontades sobre os outros.

Nada pode estar mais longe da verdade.

Um homem realmente confiante não desperdiça seu tempo tentando convencer os outros a pensar como ele pensa. É muito trabalhoso fazer isso.

Um dos melhores livros sobre como agir de forma racional se chama “As 48 Leis do Poder“, do Robert Greene.

A “Lei 38” diz exatamente o mesmo do título deste artigo. E é disso que vamos falar hoje.

As regras implícitas das interações sociais

interacoes sociais reputacao

Situações e interações sociais são regidas por regras implícitas.

Você não pode simplesmente falar e fazer o que quiser quando em meio a outras pessoas, porque isso pode destruir a sua reputação.

E a sua reputação é uma das facetas das interações sociais que pode ser usado muito bem a seu favor (ou pra te trazer prejuízos).

Se você tiver uma boa reputação em um grupo, suas opiniões vão ser mais bem vistas dentro dele. Você pode conseguir favores, favorecimentos, amizades e negócios tendo uma boa reputação.

Além disso, quem estiver de fora e entrar nesse grupo vai automaticamente considerar melhor suas opiniões sobre algo, só porque os que estão à sua volta também consideram.

A reputação é um fator invisível que ninguém pode escapar.

Agora, vamos dizer que você seja um historiador. E você estudou a Segunda Guerra como ninguém. Você sabe que, como todo ser humano na face da terra, por pior que uma pessoa seja, ela ainda pode ter qualidades “boas”.

Assim, qual é o sentido de chegar em um grupo de vegetarianos e dizer que Hitler era vegetariano? Ou para um grupo de protetores dos animais e dizer que ele também amava os animais?

Esse é um exemplo besta, mas que ilustra muito bem o que eu quero dizer.

Se você tiver uma visão extremamente controversa e que pode te causar problemas, para que expressá-las em voz alta?

Da mesma forma, você que sabe como funciona a dinâmica do Alfa Fode, Beta Banca, não deveria chegar em uma mãe solteira de 30 anos e tentar demonstrar pra ela como a sua biologia feminina a obriga a procurar por um provedor de nível inferior o mais rápido possível, enquanto pensa em um homem superior quando está com tesão.

Interações sociais têm regras.

Uma das regras principais, que os homens demoram muito a entender, é que as pessoas vivem vidas compassivas.

Opiniões que batem de frente com as suas próprias atingem diretamente no ego dessas pessoas que vivem vidas amenas e sem dificuldades.

Quando você expressa uma opinião muito controversa, isso atinge diretamente o ego dessas pessoas. E a reação é sempre emotiva e reativa.

Se você for um homem que cresceu em meio a computadores e a video-games, provavelmente demorou a entender como a dinâmica social funciona. E se você ainda tiver muita testosterona correndo no sangue, demorou ainda mais: homens muito masculinos têm dificuldade em entender as fragilidades das pessoas.

É por isso que a Lei 38 é tão valiosa.

Um modelo que você deve conhecer melhor

trump levandowiski alfa mexicanos

Quando eu falei sobre modelos masculinos, eu citei Donald Trump.

Alguns podem dizer que ele é o oposto do que a Lei 38 prega ao ir contra a mídia e a ideia politicamente correta de inclusão acima de tudo. Mas verdade é que ele, na verdade, está seguindo a 38ª lei.

Ele pensa como o americano médio, e quando ele fala, ele fala justamente em nome desse eleitor.

Trump, na verdade, está dizendo o que a maioria dos americanos querem. E é exatamente por isso que ele está crescendo cada vez mais nas pesquisas.

Mas então ele percebeu que suas visões e declarações sobre os mexicanos estava causando mais danos do que benefícios para a sua campanha.

O que ele fez?

Ele demitiu o seu gerente de campanha, Corey Lewandowski, e está mudando, aos poucos, seu discurso. Ele contratou uma outra gerente de campanha que sabe lidar melhor com essas questões mais controversas.

Ou seja, um cara poderoso como Trump, um bilionário, um Alfa, um homem de negócios que fala praticamente tudo o que pensa, decidiu recuar e pensar melhor em suas palavras.

Por isso digo que é muita pretensão pensar que ser Alfa é ser um grosso que impõe “verdades”.

Por que pensar de uma forma e agir de outra não é hipócrita

mangina feministo escravoceta

Cada dia que passa mais pessoas estão chegando ao Novo Homem. E nas últimas semanas eu tenho recebido uma quantidade enorme de tráfego vinda do Facebook.

Provavelmente os meus artigos têm sido compartilhado em grupos femininos ou em grupos feministas (é impossível rastrear de onde vem o tráfego porque o Facebook bloqueia isso).

E ultimamente tenho recebido dezenas de comentários negativos (99% dos comentários de xingamento não são aprovados; assim como comentários cheios de julgamentos, crenças limitantes e “concern troll”).

Um comentário que tenho recebido muito é esse acima.

Eu não ligo para comentários anônimos, mas acho que esse cara tocou num ponto muito importante que devo trabalhar aqui.

No artigo sobre horóscopo, eu disse que não há motivos para um homem saber seu horóscopo além de conhecer todos os Cavaleiros do Zodíaco. E então nos comentários eu confessei que sei até algumas particularidades do meu mapa astral.

Eu sei o meu mapa astral por uma questão prática: porque isso facilita muito minhas interações com as mulheres. Assim como fingir que acredito no Papai Noel facilita o diálogo com minha sobrinha no Natal.

É fato que a maioria das mulheres hoje em dia acreditam nessa besteira de horóscopo.

E exatamente por isso uma simples frase como “Ah, você é de Peixes? Qual seu ascendente?” faz com que surjam assuntos para pelo menos 20 minutos de conversa. Isso facilita tanto a interação que não faz sentido um homem não saber.

A minha estratégia é sempre a mesma quando a garota pergunta meu signo. É até engraçado como todas as vezes isso funciona do mesmo jeito.

Aceita um conselho: siga exatamente o que eu tô falando.

Parece um roteiro de teatro que se repete todas as vezes.

Quando uma garota pergunta o seu signo, você fala o seu signo e aí pergunta o dela; ela vai dizer, e você vai perguntar o ascendente dela; ela fala o ascendente e então ela pergunta o seu.

Nesse momento ela vai dizer algo como “nossa, isso parece muito você mesmo blá blá blá”. Ou então “ai, meu mapa diz tanto sobre mim”. Ou alguma besteira do tipo. E então, só assim você pode dizer:

“Na boa, eu não acredito em nada disso. Quando fizeram meu mapa disseram que a minha característica mais marcante, por eu ter muito signo de fogo, é que eu gosto muito de sexo e que gosto de experimentar coisas novas. Mas quem na porra da terra não gosta de sexo? Quem não gosta de experimentar coisas novas?”

Ela vai tentar justificar com alguma racionalização. Você nem precisa ouvir o que ela tem a responder, você só precisa dizer “Ah é? E você tem muito fogo no mapa?”

Se ela disser que não, você diz “Então você não gosta de experimentar coisas novas na cama? Você não gosta de sexo?”. De novo, ela vai tentar justificar dizendo que adora sexo e blá blá blá e você, com um sorriso, responde, “Ah, é? E o que você gosta na cama?”.

Pronto. Isso é absolutamente tudo o que você precisa para falar sobre sexo com uma garota. E você faz isso de uma forma “inocente” e divertida.

Vocês vão falar sobre o que gostam e do que não gostam e ela vai ficar pensando em sexo o tempo todo.

Ela, por mais que não perceba conscientemente, vai ficar excitada e vai associar o prazer sexual a você, porque ela vai estar olhando para você enquanto estiver pensando no que deixa ela mais excitada.

Se ela disser que sim, você diz”Ah.. então você gosta muito de sexo? Você é aventureira na cama?”. Ela vai falar qualquer besteira, e, do mesmo jeito, você vai perguntar “Ah é? E o que você gosta na cama?”

E então você vai ter a mesma resposta que teria com a outra pergunta.

Ou seja, você vai obter sucesso e não importa a resposta.

Veja bem.

Você consegue “manipular” a conversa e levar ela para onde você queira que ela vá. Você pode achar o assunto do mapa astral chato, mas não é por isso que você não vai usá-lo ao seu favor.

Afinal, você vai ter que conversar sobre horóscopo em praticamente todas interações com mulheres novas hoje em dia.

Veja bem, mais uma vez.

Você vai investir 5 minutos da sua vida para aprender sobre o seu mapa astral e sobre a parte que mais importa de todo esse assunto (a relação entre os signos de fogo e o sexo).

Esses 5 minutos vão garantir que você consiga escalar sexualmente com inúmeras mulheres de forma muito mais fácil e rápida do que se você não soubesse.

Isso é um investimento.

E, além de toda essa vantagem, você tem que lembrar que isso tudo não passa de uma brincadeira.

(e, sinceramente, acho que muitas garotas acham toda a questão do horóscopo uma grande brincadeira)

Assim, você entra no jogo, deixa ela falar um pouco e então usa a sua própria curiosidade para direcionar  a conversa para um assunto que tem mais a ver com os seus interesses.

As (óbvias) excessões

porta sem opinião diferente

Repetindo: o que está sendo dito aqui é pra ser levado em questão de situações sociais.

Estar em meio a 100 feministas que acham que o patriarcado as oprime é uma situação que você deve fugir; mas se algum dia você estiver nela, não faz sentido gritar dizendo que elas estão “combatendo” um monstro invisível.

Agora, nunca disse para você não ter opinião.

E isso é tão óbvio que me dá uma certa preguiça ser obrigado a escrever isso (porque eu sei que vai ter algum animal entendendo tudo errado).

Em momento nenhum eu quis dizer para ouvir a opinião dos outros de cabeça baixa e não ter a sua própria

Não opinar em assuntos extremamente delicados que não vão trazer nenhum benefício para você, é algo inteligente a se fazer.

Ter a personalidade de uma porta sem opinião nenhuma sobre qualquer assunto é totalmente diferente.

Mesmo porque, quando alguém tem uma boa reputação em um grupo, essa pessoa pode falar (quase) qualquer coisa sem ter (muita) consequência negativa.

Desde que não seja um assunto carregado de sentimentos negativos  – e recomendo sempre que você fuja desse tipo de assunto ou de pessoas que sempre falem de assuntos assim -, dá pra brincar com quase qualquer assunto.

Além do mais, assim como Greene recomenda, guarde suas opiniões mais controversas e originais para amigos que não vão te julgar e para pessoas que você sabe que vão apreciar sua singularidade

Conclusão

rampage quebra porta

A sociedade tem regras implícitas nas interações que, se seguidas, tornam a vida social algo muito mais fácil de lidar. Além de trazer mais prazer a todas as interações com os outros.

Ao mesmo tempo que a maioria das opiniões controversas devem ser guardadas para si mesmo, um homem nunca deve ser uma porta sem opiniões.

Como sempre, recomendo que leia um grande autor masculino, que é o Robert Greene e o seu “48 Leis do Poder”.

Ele pode explicar esse conceito e outros de uma forma ainda mais clara do que a que tentei passar aqui.

(se você ler a imagem da capa vai perceber isso)

 

 

Um desafio: se você não acredita em horóscopo, foda-se. Aprenda sobre ele. Use 5 minutos da sua vida, cinco minutos que você gastaria vendo algum vlog de merda, e aprenda sobre seu horóscopo.

Hoje é sexta feira. Dia que a maioria das garotas saem para se divertir e não pensar no amanhã. Se você tá lendo isso no sábado também vale. Então saia hoje a noite e dê em cima de alguma garota. Qualquer garota.

Chegue pra ela e fale “Oi! Te achei uma graça! Qual seu nome? Prazer, sou X! E aí, se divertindo hoje?”.

Foda-se o que você vai falar. Os primeiros assuntos são sempre ridículos. Nunca vai ser algo super original ou criativo. Nunca vai ser algo sedutor.

E então vocês vão conversar, e quando surgir o assunto do horóscopo você usa o que eu falei. E então você vai relatar aqui os seus resultados.

De novo: hoje é sexta.. todas as garotas estão saindo pra dar uns beijos e, talvez, dar pra algum cara que fale qualquer merda pra elas: aproveite.

 

 

AJUDE UM AMIGO SEM HABILIDADES SOCIAIS, COMPARTILHE ESTE ARTIGO COM ELE:

26 comentários em “Pense como quiser, mas comporte-se como os outros

  1. Sempre um ensinamento.

    Eu tenho opiniões mais conservadoras, que são, por consequência, contrárias a 90% do que se fala por aí hoje em dia. E sempre que perguntado, nunca me escondi atrás de meias palavras. Falo o que penso e pronto.
    Percebo que isso prejudica um pouco minha imagem, porque hoje o mundo está só mais na porra do politicamente correto – coisa que odeio, pois sei que pessoas pensam diferente da forma como agem ou falam, mas preferem seguir a média.

    Resumindo, vou tentar usar as coisas a meu favor. Principalmente o fato de ler sobre coisas que não tenho interesse, mas que interessam as mulheres, para eu ter mais assunto com elas. Esse, aliás, penso ser a segunda grande lição desse texto.

    Pra fechar, valeu pela motivação de mandar sair atrás de alguma guria. Nunca me arrependo quando saio. Muito pelo contrário – me arrependo por não sair. Mas a preguiça…

    Abraço

    1. BOA!!! autor,
      por favor faça um artigo sobre o “politicamente correto” de hoje em dia…

      nossa, você vai viajar no tema… e com certeza vc tbm deve se incomodar com essa moda

      segue minha sugestao

      abraços!!!!!!!!!!!!!

      1. Cara, tenho tanta coisa a falar sobre o tema. Só sobre o feminismo eu tenho um artigo guardado nos rascunhos com mais de 6000 palavras já escritas, e eu não escrevi nem a metade.

        Mas esses assuntos me cansam, por isso resisto a escrever sobre isso. Prefiro focar em coisas positivas.

    2. Exatamente, Tiago. Se alguém perguntar, não há porquê mentir. O problema é expor a opinião contrária ao grupo de forma ativa. De qualquer forma, é bom também observar a linguagem que você usa quando expõe suas opiniões.

      Além do mais, todos têm algumas opiniões extremamente grosseiras e até bizarras que devem manter apenas para si próprios e não é saudável expô-las.

  2. nossa! demais!
    sou mto burro, já dsperdicei MUITAS conversas sobre signo… em pensar que esse assunto é uma PONTE que leva a intimidade, e se leva a intimidade, leva pra cama!

    Vou mudar!

    Outra coisa, obrigado por motivar, realmente, as mulheres vao sair e vao pegar o primeiro cara que chegar e falar nem se que seja so merda, entao que esse cara seja eu!
    amanha relato as experiencias
    mt obrigado!

    1. Tudo pode ser usado pra levar à intimidade, Vinicius. Você só precisa aprender a jogar com as palavras.

  3. Parabéns Denis pelo ótimo artigo e por defender sua posição a respeito do estudo da astrologia para um melhor interação com as mulheres.

    Todos os livros do Robert Greene são obrigatórios para aqueles que querem compreender melhor a dinâmica das relações sociais.

    “Basta elevar, o cosmo do seu coração. Todo mal, combater. Despertar, o poder!”

    1. Cara, eu gargalhei com a citação do CDZ e tive que colocar este vídeo no Youtube:



      Nostalgia!

  4. Muito bom as postagens, relembra muito o tempo do site reflexões masculinas. Uma dica para o escritor, gostaria se possível que fizesse postagens com cada uma das 48 leis do poder mostrando o seu ponto de vista.

    Abraço

  5. Tenho uma ideia complementar sobre isso:”Esconda as facas no começo, vai na onda do socialmente aceitável, quando você conquistar a maioria, exponha o que realmente pensa, isso vai foder um pouco com sua reputação, mas vai influenciar quem tinha a mesma opinião mas tinha medo de defendê-la antes” é assim que se muda o mundo. Não adianta ir pra cima com o que tu pensa, tem que usar estratégia mano, se infiltra, depois ataca no coração do grupo. Só é capaz de mudar as regras aquele que sabe jogar o jogo. You know what I´m saying?

    1. Eu Discordo por quê passa como falso e manipulador,= hoje em dia falar que vota Em bolsonaro nego te bate hahahaah (eu votarei) eu falo não? mas como artigo ta ai,meus amigos proximos sabem
      tem certas coisas que tu guarda pra você
      Tem diferença ENTRE AGRADAR e ser social
      Se tu tiver com a intenção de agradar,tu ta lascado (betão)
      Social se entrar num assunto tu não concorda (escuta e fala = eu falo “discordo de tudo e respeito sua opnião”)
      Simples! Não fico espondo minha opniao hahahaha
      E tambem não pode passar a imagem de um cara Sem opnião e liderança
      Tem ser De Leve,= mulher se acha que ela vai te mostra as manias chatas dela no primeiro encontro ?
      Ela da uma segurada e vai aparecendo aos poucos (por que ngm é perfeito haha)
      tem mulher tem defeitos que o cara pula fora hahaha
      então elas vao com calma

    2. Essa é uma ótima estratégia Nostranzamus (melhor nome).

      Como falei em um dos comentários acima, só tome cuidado com a sua linguagem. Muitas vezes é possível dizer uma opinião extremamente controversa de forma tão sutil que ninguém vai discordar dela.

  6. Brilhante a sua interação com o signo … eu nunca tinha pensado nisso com esse profundidade. Não vejo a hora de testá-la em campo …

  7. Aprender horóscopo, pra então poder ter o que conversar com mulheres? Ah… não fode, porra!

    Fazer as coisas com o intuito de conseguir mulheres é colocá-las no pedestal; é ser reativo à elas – o que vai contra a lei da nobreza.

    Quem precisa conversar com as mulheres são os homossexuais e as outras mulheres, e não um homem que precisa penetrá-las.

    Um homem que quer comer mulheres precisa, no mínimo, de uma aparência decente e um pouco de dinheiro pra gastar (transporte; local; alimentação…).

  8. Passando só pra dizer que seu site é foda e que eu tenho absoluta certeza de que centenas (ralvez milhares) de caras já foram ajudados por seus textos. Seu diagnóstico foi certeiro: muito provavelmente todas essas críticas negativas e sem fundamento provém de páginas feminazis. Nada mais duro pra essas psicopatas e seu séquito de betas do que as bofetadas de realidade que você providencia. Como diz o ditado, nosso sucesso é medido pelo tipo de inimigos que arrumamos. Haha! Isso é sinal de que você está no caminho caminho certo. Prossiga na missão! Abraço!

    1. Cara todos nós já choramos por mulher,é comportamento do passado,tu tem pensar hoje em dia em não fazer mais isso ,evolução sempre ,começe do 0 ,baixe os cursos Do RSD – Julien,PIMPShift e mude abraçooos!

    2. Felipe, é claro que não é Beta. Não tem nada de Beta no ato de chorar. Todos têm emoções e cada um lida de forma diferente com elas.

      Agora, tudo depende da situação. Chorar porque tomou um fora de uma garota que você ficou por uma semana só demonstra uma fraqueza. Chorar porque a esposa morreu de câncer é o mínimo que qualquer ser humano deve fazer.

  9. “Se você tiver uma boa reputação em um grupo, suas opiniões vão ser mais bem vistas dentro dele.”

    Corretíssimo! Quando um Alfa, ou mais popular no grupo, fala alguma coisa, todos param pra ouvir e se interessam, desenvolvem aquele assunto, dão valor pra informação. Quando uma pessoa sem valor no grupo fala algo, aquilo passa despercebido, ninguém dá muita bola.
    Pra sua informação ser bem aceita, tão importante quanto a coisa que você vai dizer é o valor que você tem no grupo.

    “Situações e interações sociais são regidas por regras implícitas.”

    Corretíssimo! Já vi pessoas inicialmente muito tímidas apostando em regras erradas pra crescer socialmente e o tiro sair pela culatra. Ex: já vi um cara apostar seu sucesso apenas na coragem, achou que abordando o máximo de mulheres possível e contando um monte de piadas, falando sem parar pra se mostrar extrovertido, assim seria valorizado. Mas desrespeitou varias regras implícitas e acabou só se dando mal com tanta coragem.

    Novamente, excelente o seu artigo!

Comentários fechados.

GRÁTIS! Curso - Como levar uma garota do Tinder pra cama
x