Como usar técnicas de vendas para atrair mulheres (tudo na vida são vendas)

Como usar técnicas de vendas para atrair mulheres (tudo na vida são vendas)

Qualquer um que já trabalhou com vendas sabe que existem certas regras para lidar com o público.

Você não pode chegar para um possível cliente já botando a máquina de cartão na mão dele pedindo que ele pague por um produto que ele nem conheceu ainda.

E essa dinâmica de vendas funciona em todas as esferas da vida.

Em uma entrevista de emprego, você nunca pode se sentar e já discutir o valor do seu salário.

Em uma paquera, você nunca chega já tentando beijar a garota (a menos que seja uma micareta, na qual você vai compartilhar da saliva de mais ou menos 23 outros homens).

Em um grupo de amigos, você não vai tirar sarro da mãe de um cara que você não conhece e que acabou de chegar no grupo.

No Happn ou no Tinder, você nunca manda a primeira mensagem já tentando marcar o primeiro encontro.

Se você reparar bem, verá que todas essas interações seguem um mesmo padrão.

E hoje eu vou explicar um pouco de como esse padrão funciona.

O sistema básico de funcionamento de todas interações humanas

O que eu vou discutir aqui neste artigo é a “interação de venda”, se é que esse termo existe.

A “interação de venda” é a interação em que você quer receber algo de outra pessoa, em troca de algo que você tem a oferecer.

Como nos exemplos de uma paquera que você quer beijar a garota, ou de uma entrevista de emprego que você quer se tornar um empregado da empresa, ou até mesmo quando você tenta vender algo para alguém.

É claro que toda interação tem suas nuances e é óbvio que nem todas interações seguem exatamente o mesmo padrãozinho fechado.

Mas é possível quebrar cada um dos momentos de uma interação para entender melhor os estágios de uma interação de uma forma abrangente.

Basicamente, essas interações funcionam da seguinte forma:

  1. Introdução
  2. Capturar a atenção
  3. Gerenciar as necessidades do cliente (fazer perguntas abertas, estabelecer uma conexão (rapport), entender as carências pessoais do cliente)
  4. Discurso de venda
  5. Abordar os custos
  6. Rebater objeções
  7. Fechar a venda

A venda em uma entrevista de emprego e em uma transação financeira

Você já deve ter feito alguma entrevista de emprego e se você reparou bem, o esquema acima é exatamente como a entrevistadora do RH tenta conduzir a entrevista.

Ela pergunta quem é você, o que você faz, quais são suas qualidades, o que você tem a oferecer para a empresa, quais são suas qualidades que vão trazer os maiores benefícios para a empresa, perguntar a sua pretensão de salário e aí discutir as possíveis objeções ao seu trabalho dentro da empresa.

E esse tipo de interação funciona da mesma forma com pessoas treinadas em fazer vendas, só que do lado oposto do espectro.

Uma entrevista de trabalho é fácil de observar os passos exatos da dinâmica, porque em geral as garotas do RH não são muito brilhantes no que fazem, então elas acabam seguindo a mesma cartilha.

Em um discurso de venda de alguém que quer pegar seu dinheiro em troca do produto dela, também é fácil de observar esse sistema em funcionamento porque, de fato, ele aumenta o sucesso de vendas tremendamente.

Mas as interações “normais” do dia a dia não tem essa cartilha a ser seguida. Ao menos para a maioria das pessoas que não estudam as interações sociais.

Porque na verdade existe sim um sistema para facilitar a interação de venda, tanto numa paquera ao vivo quanto num aplicativo de relacionamento.

E quem sabe lidar com esse sistema tem um resultado muito melhor do que os homens que tentam pular essas etapas.

Seguir a “cartilha” é ideal caso você tenha medo ou ansiedades quanto a interações com mulheres que você tem interesse.

A venda em uma paquera ao vivo e na paquera virtual

Você percebe como o discurso em uma venda é uma metáfora para as interações em que você busca conquistar uma garota?

No jogo da sedução VOCÊ é o produto.

Assim como você vê uma mulher bonita e sente vontade de “comprar” ela, você tem que saber se vender para ela para que ela “compre” você.

Pense que você está em uma balada.

  1. Você dá um “oi” para uma garota bonita, faz uma ligeira introdução sobre você e motivo de você ter iniciado a conversa com ela “Te achei muito bonita! Meu nome é Denis, e o seu?”;
    .
  2. Você então faz alguma piada bem boba que mostre que você é um cara que tá sempre pra cima, mas demonstrando que está interessado sexualmente nela ao mesmo tempo “Te vi dançando bumbum granada e posso te dizer que você é uma das melhores dançarinas da noite”;
    .
  3. Então os dois começam a conversar, você tenta descobrir quais são as coisas que fazem ela rir, e que tipo de pessoa ela é (tímida, extrovertida, calma, safada, inocente, festeira, etc). Se os dois estiverem dançando  juntos essa parte pode ser meio deixada de lado, porém se só tiver tendo conversa o interessante é sempre fazer perguntas abertas que a façam falar bem mais do que você fala;
    .
  4. 4.1. Você faz o “discurso de venda”, que na verdade é o que os PUAS chamam de escalar para o beijo. Você pega na mão dela / chega mais perto do rosto dela / faz um carinho no rosto dela / etc, que basicamente é você dizendo de forma não-verbal que você quer ela.
    .
    4.2. Dependendo do contexto você pode sugerir que vocês dois vão para sua casa juntos;
    .
  5. Essa parte realmente não cabe nesse tipo de interação, ela funciona mais quando a transação é monetária;
    .
  6. Ela diz que as amigas vão odiar ela se ela for pra casa com você / ela diz que não pode acordar muito tarde / ela diz que não dorme com caras que conheceu na mesma noite / etc, então você basicamente rebate as objeções;
    .
  7. Você “fecha a venda”. Você a convenceu que tudo vai ficar bem, que as objeções dela são válidas mas que os dois vão se divertir mais indo embora juntos do que cada um indo para sua casa, e então você aproveita o estado mental de excitação e já chama um táxi ou um Uber para vocês dois irem embora.

Se você pensar em cada uma dessas fases como um estágio a ser ultrapassado, a interação pode ficar muito mais fácil.

Uma coisa importantíssima a se prestar atenção é o estágio 7, o de fechar a venda.

Quando você coloca uma garota (ou qualquer pessoa) em um estado mental propício, você deve aproveitar dele.

Muitos homens não se aproveitam de um estado mental de excitação e acabam perdendo o tempo certo de fechar a venda.

São caras que buscam ter diversas confirmações da garota se ela realmente tá a fim de ir embora com ele.

Esses caras normalmente são chamados de “frouxos”, pelas próprias mulheres.

Se a garota gostou da ideia de ir embora com você, é contraprodutivo ficar mais 3 horas dançando e beijando e conversando com ela, porque em algum momento ela vai achar que você não tá tão a fim dela ou então ela ficará cansada e vai querer ir embora.

Isso tudo é no caso de uma balada.

Agora, no caso de uma mina que você conheceu no Badoo, por exemplo. Ou então uma garota que você conheceu na rua.

Isso tudo funciona da mesma forma, o que muda é o tempo que você vai dedicar a cada um dos estágios.

Por não estar em um ambiente de balada, que é muito mais propício à esse tipo de interação, o cuidado com o estado mental da garota tem que ser muito maior.

Mas esse é um papo mais complexo que eu vou ensinar exatamente como fazer no meu programa que estou preparando, chamado “Química do Texto”.

Nele ensinarei o passo-a-passo de como tirar uma garota de um aplicativo de relacionamento tipo o Tinder e levar ela pra cama.

Pra ter certeza que você vai ter acesso a ele quando for lançado, cadastre aqui o seu email.

O que você deve tirar de lição deste artigo sobre vendas

Tanto o jogo das vendas quanto o jogo da paquera são feitos de persuasão.

E persuasão nada mais é do que transferir um sentimento ou emoção para um “cliente”.

Para generalizar o modelo citado ali em cima, a gente pode pegar até a fórmula AIDA, que é tão usada em vendas e em marketing:

Atenção = chegar na garota, ser notado
Interesse = atrair a atenção, criar um estado mental “vamos ver quem é esse cara”
Desejo = criar atração e conforto
Ação = escalar a interação para “fechar a venda”

Espero que essa quebra dos conceitos ajude no seu jogo.

 

AJUDE UM AMIGO A VENDER MELHOR SEU PEIXE, COMPARTILHE COM ELE: