Como a meditação pode mudar o seu dia

Como a meditação pode mudar o seu dia

Pare de pensar por um instante e foque toda sua atenção no que você está lendo.

Desacelere e olhe pra cada palavra.

Tome consciência de que você está aí, sentado, olhando pra tela do computador.

Preste atenção em cada palavra que lê, uma a uma.

Tome consciência de cada som e de como ele ecoa na sua mente, este que você está ouvindo agora mesmo, e este, e este..

Essa voz na sua cabeça, lendo este texto, ela é você? Se a voz é você, então quem a está ouvindo?

Idealmente o parágrafo acima forçou você a entrar em um estado de meditação.

Ele fez com que você prestasse atenção nos processos internos de como funciona a sua mente.

Provavelmente esta é uma das primeiras vezes em que você tomou consciência de que você estava pensando.

A meditação força você a parar de se identificar com o seu pensamento e passar a notar que é possível controlar o que pensa.

Assim que você entende que os seus raciocínios são formados por você mesmo, e que você pode pensar de forma consciente, você chega à conclusão que é possível controlar o que você pensa.

Imagine que você tem a habilidade pra decifrar como é que sua mente faz pra te deixar triste, ou ansioso, ou com raiva, ou feliz?

Que tal poder diminuir ou até eliminar o sentimento de tristeza, só porque você é capaz de ter consciência de que está triste?

Essa é a habilidade que é desenvolvida com a meditação.

Se a meditação é tão poderosa assim, por que não estão todos treinando-a diariamente (eu incluso)?

Porque meditar é difícil pra caralho.

Eu quero que você faça o teste pra ver como eu estou falando sério.

Durante 30 segundos eu quero que você não pense em nada.

Ou então que pense apenas que está olhando para uma grande tela branca. Apenas trinta segundos, foque nisso e não deixe sua mente viajar em outras idéias.

Pode tentar que eu garanto que você não vai conseguir.

Esse é um dos motivos de muitos desistirem da meditação.

É realmente muito difícil de fazer.

Outro motivo que impede muitos de continuarem é que os resultados demoram pra aparecer.

E pra praticar isso você tem que se esforçar diariamente.

Junte a dificuldade de fazer com a necessidade diária da prática e com a demora em aparecer resultados e você tem uma receita para muitos fracassarem.

Porém, quem consegue ultrapassar essa barreira atinge resultados extraordinários – mesmo que eles demorem a aparecer.

Facilidade de concentração, stress reduzido, ‘paz de espírito’, resolução de problemas pessoais, melhora da memória, desenvolvimento de atenção e até diminuição da pressão sanguínea são alguns dos mais importantes benefícios da meditação.

Mas eu sei que você provavelmente pulou a lista de benefícios acima e veio direto pro próximo parágrafo. Essa lista não vai te convencer.

O que vai te convencer a ficar sentado em uma posição desconfortável por 15 minutos, todos os dias, é saber que até o sexo vai melhorar.

Sim, amigo, você vai sentir muito mais prazer quando comer sua namorada (ou a desconhecida da balada que foi até sua sua casa).

Até mesmo olhar pra ela, sentir o cheiro dela, encostar nela, vai ser melhor.

Isso acontece porque você aprende a focar sua atenção no que está fazendo e a responder melhor aos seus desejos.

Você vai parar de pensar em outras coisas e vai focar só no toque, no cheiro, na voz.

Sua experiência sexual vai mudar completamente com o tempo e você vai aprender a realmente apreciar o sexo.

Entender que colocar o meu pau dentro da mulher que eu estou apaixonado é a sensação física que eu mais aprecio no mundo mudou a minha cabeça.

Porra, sexo é simplesmente uma das melhores coisas que você pode fazer em vida.

Se você não quiser tornar isso ainda melhor.. bom, aí é com você.

Como meditar

Meditar é a prática mais barata e simples do mundo. Porém uma das mais difíceis.

Basicamente, você precisa achar um lugar em que ninguém te interrompa e que seja quieto e calmo, pelo menos durante sua meditação.

Então você precisa programar um alarme para tocar em 15 minutos em um volume baixo.

Sente-se no chão em uma posição confortável, mas com a coluna reta.

Agora vem a parte difícil.

Limpe sua mente.

Não pense em nada. Respire pelo seu nariz até sua barriga ficar e seu peito ficarem cheios de ar.

Então exale vagarosamente. Um.

Faça a mesma coisa, mais uma vez. Dois.

A cada respiração, conte a respiração. Três.

Quando um pensamento ou distração invadir sua mente, comece a contar de novo do um. Um.

Distrações e pensamentos alheios VÃO aparecer.

E se você é novo nisso, eles vão aparecer sem que você os perceba – e só irá notar quando já estiver pensando naquilo por alguns segundos.

Não se julgue, não fique bravo e nem frustrado.

Você vai falhar, isso é um fato.

Apenas tome consciência desse fato, deixe-o de lado e então volte a contar.

É bem provável que você não vai conseguir passar do número três nas primeiras vezes que meditar.

Muitas pessoas levam meses pra chegar ao 10.

Faça isso por 15 minutos completos.

Não são 13 e nem 14 minutos, são 15.

Aprenda a controlar sua mente e seu corpo.

Esses 15 minutos parecerão uma hora e lá pelo segundo minuto já vai te bater um desespero e uma vontade de sair correndo.

Não faça isso.

Você vai pensar sobre o trabalho que vai ter que fazer amanhã ou da prova pra qual você ainda não estudou.

Vai lembrar de uma música muito antiga que não ouve há muito tempo.

Não deixe que isso te deixe mal, apenas faça com que o pensamento vá embora e volte a contar.

É só isso. A teoria é simples, mas vai ser uma das coisas mais difíceis que você já fez.

Sinta-se à vontade para compartilhar suas experiências com a meditação nos comentários abaixo.