Estudo comprova: homens de hoje são mais fracos do que seus próprios pais

Estudo comprova: homens de hoje são mais fracos do que seus próprios pais

Em um estudo foi demonstrado que os homens de hoje são quase 20% mais fracos do que os homens da última geração.

Nesse mesmo estudo, foi demonstrado que um HOMEM de 20 anos de hoje é tão fraco quanto uma MULHER de 30 anos.

Reflita nisso: o homem médio de hoje tem a mesma força nas mãos que uma mulher média, mesmo ela sendo 10 anos mais velha.

Quando eu li isso, eu lembrei imediatamente do meu artigo sobre o declínio na virilidade e na masculinidade dos homens.

Nele, eu cheguei na seguinte conclusão:

O homem de hoje é menos homem do que os homens de antigamente.

Nesse artigo eu coloco um link que mostra outro fato importantíssimo sobre os homens de hoje: os homens médios contemporâneos também tem 20% a menos de testosterona do que os homens das gerações passadas.

Essa porcentagem de queda é uma provável coincidência, pois duvido que essa correlação tão precisa de números tenha uma ligação direta, mas o que não é coincidência é que os dois estudos provam o que eu disse acima.

E é por isso que eu vim aqui hoje escrever mais este artigo.

Você é mais fraco do que o seu pai? Você é mais fraco do que uma mulher de 30 anos de idade?

 

Se você já leu alguns dos artigos do Novo Homem, já deve ter visto alguma vez os meus conselhos de que você tem que ir para a academia.

Esse conselho não é dado em vão.

Eu repito ele tantas vezes porque eu sei que a imensa maioria dos meus leitores não fazem qualquer tipo de atividade física. Eu diria que talvez mais do que 80% de vocês.

As chances são muito altas de que você que está lendo isso agora não levanta a sua bunda gorda do sofá para fazer nenhum esforço físico além do de atender o entregador de pizza.

No estudo que eu linkei no começo do artigo, fala-se de que a força de “aperto” de mão declinou. E eu sei que algum boca aberta vai vir falar que a tal da “grip strenght” não significa nada e blá blá blá.

Só que o fato é que o corpo é um todo só: se a mão é fraca, é porque ela nunca levantou pesos na vida.

Essa mão não está acostumada a fazer qualquer esforço físico, do contrário ela teria se desenvolvido a ponto de aguentar carregar um peso.

Além disso, existem dezenas de outros artigos científicos, como este aqui, que demonstram o declínio da capacidade física da nova geração vai muito além da “força da mão”.

O fato é: mais e mais estudos mostram que há um declínio na masculinidade dos homens como um todo.

Como se não bastasse a nossa observação empírica dos (quase) homens de hoje em dia.

O futuro sombrio (e nojento) dessa nova geração

Grave minhas palavras:

Quando a maioria dessa nova geração que nasceu após os anos 2000 chegar aos 40 anos e depois, nós vamos deparar com uma situação simplesmente deplorável.

Vai haver um aumento enorme de pessoas tendo ataques do coração, velhos morrendo porque caíram no chão ou porque caiu algum objeto (não tão) pesado em cima deles, ossos desfarelando pela falta de treino…

Sem contar nos hospitais que vão estar cada vez mais atolados de pessoas com problemas gerados pela falta de atividade física, muito mais velhos morrendo instantaneamente por algum revés físico do que hoje em dia…

E além disso tudo no futuro nós veremos mulheres gordas. Muitas mulheres gordas.

Você já acha nojento ver aquelas cachalotes de 200kg andando por aí e se achando as gostosas?

Em uma ou duas décadas isso vai ser muito mais corriqueiro do que hoje.

E não sou apenas eu quem estou dizendo isso, é a ciência.

Leia este artigo aqui e tire suas próprias conclusões:

Nesse estudo da Universidade de Essex, eles compararam a força de crianças de 10 anos de idade em 1998 e em 2008.

Eles descobriram diversos dados assustadores (se você se preocupa com o futuro da humanidade):

– Em 10 anos, diminuiu pela metade a quantidade de crianças que aguentavam o próprio peso ao segurar uma barra (quem não lembra dessa brincadeira de barra);

– Nesse mesmo tempo, a força dos braços das crianças caiu mais de 25%

– Também houve uma queda de 27% na quantidade de abdominais que essas crianças conseguiram fazer;

– Entre dezenas de outros dados;

Agora imagine como serão esses fedelhos sedentários no futuro.

Imagine como eles vão crescer fracos, fragilizados, femininos e com medo do mundo.

E imagine como eles serão gordos, muito gordos.

Esses mesmos ranhentos que não conseguem nem segurar o peso do próprio corpo em uma barra serão os futuros comentadores políticos de Facebook das próximas gerações.

E isso só tende a piorar.

O que você deve tirar de lição deste artigo

Este cara acima tem 50 anos. Você acha que é mais forte que ele?

Eu não aconselho você a ir para a academia e ficar forte só para tirar umas selfies sem camisa para colocar no Tinder e comer muito mais mulheres com isso.

(dica: se você fizer isso, pode ter certeza que você comer muito mais mulheres)

O que estou dizendo é que ALÉM DISSO, você deve ir para a academia para que quando você precisar abrir a porra do pote de azeitona, você não precise chamar sua esposa para abrir pra você.

Para que um dia, se uma caixa pesada cair em cima do seu filho pequeno, você consiga levantá-la como você faz com a barra na academia, e salve aquela criança mais rapidamente do que ligar para os bombeiros.

Para que quando você ficar velho, você não tenha ossos tão fracos que eles vão quebrar caso você chute uma cadeira.

Para que você esteja como o cara da foto acima aos 50 anos, e quando olhar à sua volta vai ver dezenas de obesos mórbidos bufando por atravessar a rua.

E para que você, mesmo aos 50 anos, continue comendo as novinhas de 20 que estarão ainda mais sedentas por um homem másculo e “à moda antiga”, pois eles serão cada vez mais escassos no futuro.

 

AJUDE UM AMIGO A FICAR MAIS FORTE QUE O PAI DELE, COMPARTILHE ESTE ARTIGO COM ELE: