O Código dos Homens é o melhor livro que li neste ano sobre o que é ser homem.

Na realidade, Jack Donovan é o único autor que soube tratar sobre o aspecto tribal do homem de forma simples e objetiva – e esse é um conceito MUITO importante para sua vida.

Já tratei rapidamente sobre ele no meu post 5 livros que todo homem deve ler, porém este livro merece um post só dele.

Você que está lendo este artigo é um homem que se colocou em uma posição de busca de conhecimento.

Sua decisão de abrir o Novo Homem é a confirmação de que você é um homem de atitude que tem o desejo de se tornar melhor.

E O Código dos Homens é um livro que vai fazer isso por você.

Neste livro, Jack Donovan foca em explicar a natureza do homem e da masculinidade, usando de exemplos históricos e dos nossos dias atuais.

“O que é masculinidade?”

Essa é uma pergunta difícil de responder, ainda mais nos dias de hoje em que nos faltam modelos de homens em qualquer tipo de mídia e por isso nos falta um referencial.

É difícil ir atrás de algo se… bem… você não sabe qual é esse algo que você tá indo atrás!

Mas Donovan consegue colocar em perspectiva tudo o que nos concerne a SER homem.

Um dos conceitos mais interessantes do livro é que existem os homens que são bons, e os homens que são bons em ser homens.

O Código dos Homens - Jack Donovan

Apesar de parecerem parecidos, os dois conceitos são bem opostos.

“Um homem que está mais preocupado em ser um bom homem do que ser bom em ser homem faz de si um escravo bem comportado”

Em poucas palavras (resumindo bastante a profundidade no livro), um “homem bom” é aquele que se encaixa nas expectativas da sociedade, ou de alguém, e que irá aceitar esse papel sem nem ao menos questionar.

Um “homem que é bom em ser homem” é aquele que é seguro de suas habilidades masculinas e que nunca seria considerado um escravo das expectativas da sociedade, da família, das mulheres ou até mesmo do governo.

No passado os homens eram definidos através de combates e sobrevivência.

Nessa época, você apenas seria considerado um homem se você estivesse sobrevivido ou lutado em uma batalha.

Hoje em dia, absolutamente qualquer pessoa que viva em uma sociedade minimamente livre é capaz de sobreviver, não há uma motivação para mudar de vida.

Qualquer um, até os mais preguiçosos e sem motivação, podem viver uma vida confortável que não seria imaginável há 200 anos atrás.

Isso trouxe consequências sérias (e de certa forma desastrosas) para a humanidade como um todo.

Já a partir da segunda parte do livro ele passa a tratar desses efeitos devastadores da cultura moderna na masculinidade.

Um dos questionamentos mais provocantes do livro se dá quando ele pergunta: o que os homens tem a ganhar com a utopia coletivista?

Através da sua argumentação ele mostra que os homens não tem praticamente nada a ganhar com o ideal feminista de sociedade.

A presunção de que as mulheres sabem o que é ser homem e como os homens devem se comportar para atingir uma sociedade coletiva e igual, em todos os sentidos, é considerada estúpida e completamente fora da realidade.

Em outras palavras, a partir do momento em que uma mulher tem que ensinar alguém como ser homem, é o momento em ele deixou de ser homem

“Não são os homens de hoje um bando de mimados sem figuras paternas, que não caçam ou lutam ou criam laços de amizade, dos quais a única masculinidade que resta é a do sexo promíscuo?”

Quanto mais eu lia o livro mais eu percebia que o meu conceito de masculinidade continha lacunas.

E ao entender melhor sobre elas eu pude me entender melhor e perceber quais são as motivações para as minhas próprias atitudes.

foto jack donovan autor do livor o codigo dos homens

Por que eu busco tanto sexo sem compromisso com as mais diversas mulheres?

Primeiro porque é gostoso demais transar com novas mulheres, e isso não dá pra negar.

Mas isso também é uma das poucas formas que nos restaram pra expressar nossa masculinidade.

Por mais “não-pragmático” que sejam alguns questionamentos, quanto mais você se conhece, mais você se desenvolve.

Quanto mais você entende a motivação de suas atitudes, mais próximo de um novo homem, de um homem de verdade, você irá chegar.

Este é um livro que eu recomendo simplesmente para todos meus amigos.

Mesmo que alguns não sejam como você, que busca cada dia o seu melhor, hoje eu faço questão de dar como presente a versão em português deste maravilhoso livro a todos os meus amigos que eu mais me importo.

Porque eu sei que o homem está sendo atacado todos os dias.

Eu sei que a masculinidade está em risco por culpa do ataque de diversas frentes.

E este é um livro que é uma arma contra esse ataque desenfreado.

Altamente recomendado.

Sumário
Data da revisão
Item avaliado
O Código dos Homens de Jack Donovan
Nota do autor
51star1star1star1star1star