Por que a literatura erótica virou esse fenômeno entre as mulheres? O que 50 Tons de Cinza nos ensina sobre as mulheres

Por que a literatura erótica virou esse fenômeno entre as mulheres? O que 50 Tons de Cinza nos ensina sobre as mulheres

Todo mundo já ouviu falar de 50 Tons de Cinza.

Foi um dos livros mais vendidos da história da humanidade e quando virou filme foi o mais aguardado do ano.

A história, se você analisar bem, é um conto de fadas da Disney para adultos: um cara rico, lindo e famoso se apaixona por uma mulher igual a todas as outras mulheres do mundo.

Tudo isso você já sabe. 

Mas a verdadeira atração do Christian Grey, o personagem principal, não reside apenas no seu dinheiro, beleza ou fama.

Se ele não tivesse determinadas características de personalidade, de nada adiantaria ser rico, lindo e famoso.

É óbvio que esses fatores externos são extremamente atraentes para as mulheres e eu nunca diria o contrário.

O que eu quero dizer e o que eu vou demonstrar pra você hoje é que esse personagem só é tão magnético porque ele é um Alfa.

Se ele se comportasse como um Beta, o livro mal passaria da casa das centenas de vendas.

As mulheres almejam homens cuzões

Frases 50 tons de cinza o que as mulheres querem

Eu utilizei o termo cuzão por falta de palavra melhor. Vou explicar melhor o que eu quis dizer.

Já foi demonstrado que instintivamente as mulheres se sentem excitadas sexualmente na presença de homens egoístas e narcisistas.

Pesquisas científicas demonstram isso, não sou eu só eu que estou falando.

Mas fugindo do escopo da ciência, vamos ver que tipo de homem as mulheres buscam ativamente.

Quando um homem quer sentir tesão artificial, ele vai até Xvideos e procura exatamente o tipo de mulher que ele quer naquele momento (bunduda, peitos grandes, loira, morena, loira e morena juntas, etc)

As mulheres fazem exatamente a mesma coisa. Mas ao invés de pornografia visual, elas preferem pornografia escrita.

É curioso observar que as características físicas não são muito importantes para elas. A parte exterior do homem pode ser a mais variada possível, desde que por dentro ele tenha uma personalidade específica.

Toda história voltada para o público feminino possui exatamente o mesmo tipo de personagem maculino.

Isso é fácil de se observar em qualquer “literatura” sexual que as mulheres tanto adoram ler.

Se você der uma lida em qualquer uma dessas histórias, o personagem é sempre o mesmo. Sempre.

Egoísta.

Narcisista.

Não se importa para o que os outros pensam e também para o que a personagem principal pensa.

Tem (ou demonstra) quase nenhuma emoção.

Vê o mundo como um parque de diversões no qual ele é o centro de tudo.

Ou seja, enquanto elas estão dando conselhos para os homens serem bonzinhos para conquistar mulheres, elas desejam secretamente homens que tem todas as característica de um psicopata.

Faça o teste.

Pegue um “50 tons de cinza” da E. L. James, ou um “After” da Ana Todd (novo fenômeno com bilhões de visualizações), ou um desses ebooks eróticos do Wattpad e da Amazon, e analise friamente as características de personalidade desses personagens masculinos.

Verá que são todos iguais.

Nunca você encontrará um personagem tipicamente Beta, que faz de tudo pela personagem principal, que está ali o tempo todo do lado dela ouvindo suas besteiras, que a coloca num pedestal e acredita que ela é a sua alma gêmea.

Esse tipo de homem é entediante.

As mulheres almejam tanto esse tipo de homem que elas até pagam por esse tipo de excitação

Mulheres pagam para se excitarem ao lerem literatura erotica

Quando foi a última vez que você pagou por pornografia?

Quando foi a última vez que você foi ao cinema unicamente porque tinha uma personagem atraente no filme?

Quando foi a última vez que você dispendeu 50 horas da sua vida em um livro apenas porque tinha tesão na personagem principal?

As mulheres investem seu tempo e seu dinheiro para se sentirem excitadas com esses personagens.

Se você der uma olhada nos lucros das editoras que vendem essas porcarias (50 tons de cinza, livros da Ana Todd, etc) verá um vertiginoso aumento da venda d esse tipo de livro nos últimos anos.

E quem é sempre o personagem principal desses livros?

Um homem egoísta, narcisista e que não se importa com a opinião dos outros, ainda menos com a da garota principal do livro.

É óbvio que, com o tempo, esse cara se apaixona pela personagem principal – que é, em todas as vezes, uma mulher normal que não se destaca em qualquer esfera da vida -, e aí ele se transforma num Beta por causa do seu amor pela garota e então tudo termina bem.

A princípio esse parece ser um roteiro de um filme adolescente da Disney, voltado para crianças e adolescentes.

De fato, ele é.

Mas esse tipo de roteiro infantil faz sucesso extremo com as mulheres adultas e tornou as autores dessas histórias em milionárias.

A diferença categórica entre um filme romântico adolescente e um 50 Tons de Cinza é o nível de sexo mostrado na tela.

Mais uma vez, por que esse tipo de literatura ou cinema faz tanto sucesso entre as mulheres?

Porque ele apela para o mais básico dos instintos femininos. O instinto de desejar um Alfa.

 

Conclusão

Observe o que uma mulher faz, nunca o que ela diz.

Se quase todas as mulheres do mundo estão ativamente pagando para sentir um certo tipo de emoção, um certo tipo de excitação, é ali que os seus olhos devem estar atentos.

Enquanto elas estão dizendo que querem homens que compartilhem seus sentimentos com elas, homens que são emotivos, homens que as tratam como princesas, elas estão desejando o oposto disso.

Não escrevi esse artigo para falar mal do 50 tons de cinza ou dizer que ele é idiota e que não vale nada.

Eu não condeno livros idiotas e superficiais. Pelo contrário: eu adoro ler uma literatura besta que relaxe. O escopo aqui é outro.

Escrevi este artigo para que você preste atenção na atitude das mulheres e observe o tipo de homem elas realmente estão desejando.

Enquanto isso, se você quer uma leitura edificante que ensina sobre a vida através de analogias e entendimentos profundos de mundo, dê uma olhada nos autores que eu falei nesse outro artigo.

 

 

COMPARTILHE ESTE ARTIGO COM SEUS AMIGOS: