Skip to main content

Um muito obrigado e um desabafo…

ATENÇÃO: este texto abaixo foi um e-mail enviado para a minha lista de inscritos no dia 10 de agosto. Estou colocando ele aqui no site apenas porque tem pessoas que não estão inscritas na lista ou que simplesmente às vezes não recebem meus e-mails. 

E por isso mesmo eu nem editei o texto como eu edito os artigos do site: este texto vai ficar da mesma forma que foi enviada para a lista de email.

Vamos lá!

 

********

 

Oi! Denis Carvalho aqui,

E antes de mais nada gostaria de agradecer a TODOS que responderam à pesquisa que eu mandei no email passado..

Eu fiquei emocionado com algumas respostas e extremamente feliz e motivado a continuar trabalhando cada dia mais.

Sério, vocês não fazem ideia de como as suas respostas me ajudaram neste momento da minha vida.

(se você não respondeu a pesquisa, responda aqui: https://goo.gl/forms/Lci1n9JCPdOD4wWK2 )

Vou ser totalmente sincero com você aqui e vou fazer um desabafo.

Se você não tem interesse na minha vida pessoal pode deletar esse email porque hoje eu não vou falar nada sobre o Química do Texto ou sobre alguma técnica para se tornar um homem melhor…

Hoje eu vou contar um pouquinho da minha história. E também vou falar um pouquinho sobre vocês, leitores do Novo Homem…

Bom…

Os últimos meses tem sido bastante difíceis pra mim.

Várias coisas muito ruins – que estavam totalmente fora do meu controle – acabaram acontecendo num espaço de tempo muito curto…

Eu estava tomando porrada atrás de porrada, sem ter tempo pra respirar ou me recuperar.

E tem situações que a gente passa que, porra, por mais que a gente seja forte, elas acabam nos derrubando e nos fazendo repensar certas coisas…

Isso foi de certa forma me afundando e me causando um mal enorme. E isso afetou até mesmo o Novo Homem.

Muitos de vocês devem ter percebido que eu fiquei quase 2 meses sem escrever um novo artigo no site.

Bom…

Eu criei o Novo Homem há mais de 4 anos para tentar ajudar os homensaprender a superarem seus problemas de forma independente, e a se tornarem homens mais fortes e mais confiantes.

Meu objetivo maior foi sempre esse: dar recursos para os homens enfrentarem seus próprios problemas, sem precisar da ajuda de mais ninguém.

E se você chegou ao meu site, você sabe muito bem que é muito difícil de encontrar uma fonte de informações que seja realista, que não se renda às besteiras politicamente corretas… e sabe que todo mundo tá pouco se fodendo para os seus problemas.

Eu não criei esse site para ser a babá de ninguém, pelo contrário.  Eu queria dar bons recursos para os homens cuidarem de suas vidas por conta própria, que por sua vez poderiam usar seus conhecimentos para também ajudar outros homens.

Só que parecia que esse meu objetivo não estava sendo atingido…

Praticamente todos e-mails que eu recebia eram coisas do tipo:

“aiiiii olha a minha situação, eu sei que você escreveu mais de 10x no Novo Homem exatamente sobre o problema que eu estou passando mmas ainda assim eu preciso de ajuda”.

E eu, idiota, ia lá e ajudava na maior boa vontade e passava quase uma hora escrevendo uma resposta boa pra cacete que iria mudar a vida daquele arrombado se ele seguisse meus conselhos.

Mas o cara não fazia nada do que eu dizia e três semanas depois me mandava outro email pedindo ajuda para outra adversidade na vida dele que só surgiu porque ele não cuidou da porra do problema que eu aconselhei ele algumas semanas antes.

E o pior, esse arrombado não escrevia um único “Obrigado” no email de mais de 500 palavras dele.

Parece frescura minha, mas não é. Eu sou um cara ocupado pra CACETE e quando eu sento pra ajudar alguém, eu espero que esse alguém ao menos agradeça o tempo que investi em tentar ajudar ele.

E essa situação tava acontecendo demais… todos os dias praticamente. Todo dia um novo chorão vinha no email, pedia ajuda, recebia a ajuda e não fazia nada e nem se dava ao trabalho de falar “valeu”.

Então parecia que o meu objetivo principal de sempre, que era ensinar a pescar ao invés de dar o peixe, não estava funcionando.

E isso estava me desanimando muito de continuar com o Novo Homem.

Pra que continuar tentando melhorar a vida de pessoas que não querem ser pessoas melhores?

Eu já estava aceitando a ideia de que ia usar o blog só pra ganhar dinheiro e foda-se.

Pra que ficar me matando durante 5 horas pra escrever e editar um artigo muito bom que ninguém vai ligar, sendo que eu posso gastar 20 minutos em outro artigo mal feito mas que dá muito mais dinheiro?

Mas cara… os seus depoimentos mudaram tudo. Sério, mudaram tudo.

Eu recebi algumas dezenas de emails de caras que simplesmente mudaram suas vidas com o meu trabalho…

Recebi depoimentos extremamente emotivos de caras que estavam no fundo do poço mas que encontraram no que eu escrevi a corda que precisavam pra sair desse poço.

A maioria desses depoimentos eu li ontem a noite, minutos depois de ter recebido mais uma notícia ruim que me abalou ainda mais a vida…

E cara, eu chorei.

Fazia muito tempo que eu não chorava, mas ontem a noite eu chorei. Alguns depoimentos foram fodas.

Tiveram vários emails de caras que eram extremamente depressivos e que simplesmente não conseguiam enxergar uma saída para os problemas deles, mas que ao lerem o que eu escrevi tiveram uma visão diferente dos seus problemas.

Também tiveram caras quase suicidas que se sentiram melhores com as minhas palavras positivas que fizeram eles vivenciarem suas realidades de forma mais satisfatórias…

Claro que tiveram também tem os exemplos de caras que viviam uma vida ordinária mas que queriam mais…

Teve o cara que conseguiu seu primeiro encontro no Tinder com o que ele aprendeu no meu site.. e não foi só o primeiro, foram vários encontros. E isso melhorou a auto-estima dele.

Um outro que conheceu o meu site há 2 anos, que passou pelo exército enquanto lia o que eu escrevia, que descobriu que através do conhecimento ele tem o poder de mudar sua vida, e que apresentou o meu site pros seus irmãos menores e até pra amigos.

Tem também um cara que pessoalmente não concorda na forma como eu uso os meus conhecimentos sobre a psicologia feminina, então ele usa o que aprendeu no Novo Homem apenas para manter relacionamentos mais sérios.

Cara, teve muita coisa boa.. muita mesmo. Não vou poder citar uma por uma porque, caralho, é tudo muito encorajador e muito motivador.

A maioria silenciosa está se transformando com o que eu escrevo.

E isso é o importante.

Por nais que muitas vezes eu não tenha “reconhecimento”, eu estou ajudando essas pessoas.

E isso me deu forças para continuar criando cada vez mais conteúdo de qualidade que vai vai estar sempre disponível para qualquer um que chegue ao meu site.

Por enquanto eu tô focado em terminar o Química do Texto pra ver se ele pode me gerar uma renda para que eu possa me dedicar integralmente à minha missão… e por isso eu talvez demore mais um mês para voltar com força total nos artigos do site.

Mas saiba que eu voltarei e voltarei ainda melhor do que antes.

Meu muito obrigado a todos vocês que me acompanham nessa jornada. 

*

Se você ainda não respondeu o questionário, lembre-se que se em algum momento da sua vida as minhas palavras te ajudaram, pode ser que as suas palavras também me ajudem.

https://goo.gl/forms/Lci1n9JCPdOD4wWK2

Muito obrigado,

Denis

p.s. Nem revisei esse email, só escrevi e mandei. Se tiver algum erro muito feio de português, finge que não leu 🙂

  • João Nuno

    gosto muito do seu site denis, e já respondi ao seu questionário!

  • Denis continue com seu trabalho. Seu site me ajudou muito cara. Eu também tava numa depre do caramba antes de encontrar sites da real e seu site. Foi até ele que me ajudou a buscar ser mais forte ja to ai 6 meses firme e forte treinando e ja tive muitas melhoras cara. Parabéns tamo junto cara

  • Escorpião Rei

    O curso sai quando?

    • Semana que vem, com 99% de certeza na terça feira, dia 22 de agosto.

  • Francisco Franchini

    Caramba, não sabia que a situação era assim! Mas cara, vc tem razão, a maioria das pessoas que mudam suas vidas a partir do seu trabalho são silenciosas, não ficam te enviando um monte de e-mails chorando sobre seus problemas. Por que? Pois nos seus artigos vc fornece todas as informações que nós precisamos pra tomarmos ATITUDES e realmente fazermos algo para mudar nossas vidas. A verdade é que a grande maioria das pessoas são REATIVAS, e culpam Deus e o mundo pelos seus problemas, mas nunca tomam uma atitude pra mudar.
    Todos esses infelizes que ficam te mandando um monte de e-mails esperam que você seja um milagre na vida delas, e que elas não vão ter que se esforçar em nada, que você vai resolver os problemas delas apenas com suas palavras, sem que elas tenham que mexer um dedo pra isso acontecer. Obviamente o mundo não funciona assim, e esses indivíduos continuam na mesma situação, e continuam chorando seus fracassos pra você. Não dá pra ajudar quem não quer ser ajudado. A todos esses infelizes que ainda não estão querendo o suficiente mudarem suas próprias condições, recomendo o livro “Os 7 Hábitos das Pessoas Muito Eficazes” do Stephen Covey.
    Denis, pode ter certeza que o seu trabalho tem mudado e ainda vai mudar a vida de muita gente. Seu trabalho é incrível! Ainda não encontrei outro site do gênero com informações e conhecimentos de tanta qualidade quanto o seu. Parabéns mesmo cara! No mais, fico aguardando ansiosamente pelo lançamento do Curso, é isso ai Denis, tamo junto! Abraço

    • Danilo Godsmack

      Seu trabalho é incrível! Ainda não encontrei outro site do gênero com informações e conhecimentos de tanta qualidade quanto o seu.

    • Maurcio Perna

      Muito boa tua visão, Francisco. De fato, quem fica mandando email pro Denis pedindo ajuda é quem não assimilou o conteúdo à sua vida (o que não é uma crítica, cada um sabe dos seus problemas e dificuldades). Quem conseguiu assimilar, tocou a vida adiante, é a tal ‘maioria silenciosa’ que o Denis fala. Mas ele tem razão sim, não custa vir aqui, trocar uma idéia, nós leitores nos ajudarmos entre nós, e agradecer à ajuda do Denis.

    • Francisco, valeu mesmo pelo seu relato e pelas suas palavras.
      Você tá sempre por aqui nos comentários e por isso mesmo é visível que você se importa em ser um cara melhor e em dividir suas experiências.
      Espero que possamos cada dia mais ajudar uns aos outros 🙂

  • Danilo Godsmack

    Dênis, em todos os comentários que faço dou um feedback a respeito dos artigos. E foram todos positivos.

    Porém faltou dizer que esse é o site que mais agregou à minha vida.

    Aos leitores daqui que ficam cobrando e chorando fica o recado: Você é o seu maior amigo e seu maior inimigo!
    Não adianta ler um artigo, ir a uma sessão de coach, igreja ou outra coisa pra se sentir bem. Você tem que reconhecer suas fraquezas e reconhecer que é possível superá-las.
    Os artigos podem ser usados como ferramentas, mas é você que tem que tentar usá-las.

    Um abraço pros leitores daqui.
    Um grande abraço pro Dênis.

    • Valeu mesmo Danilo! O desabafo foi mais por eu estar em um momento meio emocional na minha vida.. e aí as coisas se juntaram e deu no que deu. Seus comentários são sempre positivos e sempre me motivam a dar continuidade com o trabalho. E pode ter certeza que o meu trabalho só vai melhorar ainda mais daqui pra frente.

      • Danilo Godsmack

        Acho que conheci esse site já faz dois anos.
        De lá pra cá abandonei os sites que eu procurava pra ter dicas sobre relacionamento pra ficar olhando só esse. O que tu escreve é sólido.
        Como muitos aqui já tive a fase de ficar ansioso pelo próximo artigo seu. Hoje não passo mais por isso porque acho importante reler os artigos antigos em diferentes momentos da vida.

        Sobre o comentário acima não usei as melhores palavras.
        Quis dizer que o fato do feedback que dei ser positivo foi uma maneira suave de me expressar comparado ao impacto que causou em minha vida.

        Um abraço Dênis.

        • Maurcio Perna

          Digo o mesmo, Danilo. O agradecimento é ‘sutil’ se comparado à mudança de vida que conseguimos. Bola pra frente e sucesso a todos nós.

  • Maurcio Perna

    Cara, na boa, várias vezes já pensei em escrever um email de agradecimento, mas sabe aquilo que tu vais deixando pra amanhã, deixando pra amanhã… e nunca faz? Então….

    Bueno, eu sempre tive relativo sucesso com as mulheres, mas depois de me separar não sabia mais como me virar. Pegava meia-bocas no tinder e só. Teu site me abriu os olhos.

    Achei o site meio por acaso pesquisando por material de PUA, e sem puxação de saco, foi disparado o melhor site do ramo. Aos poucos, fui lendo um artigo e outro, até que li TODO o material disponível. Importante isso, não assimilar o conteúdo todo de uma vez, mas ir lendo aos poucos enquanto continua praticando. A melhora é lenta, mas decisiva.

    Hoje “saí do mercado” porque conheci uma gata massa e estamos namorando. Mas os ensinamentos não ajudaram só a ‘pegar mulher’, ajudaram também a manter uma postura alfa na vida como um todo – inclusive relacionamento afetivo – o que no fundo faz com que as duas partes saiam ganhando e tenham um relacionamento mais sadio, uma relação homem-mulher e não menino-menina.

    Brigadão mesmo, e continua com o bom trabalho. Estás ajudando muita gente.

    ‘Perna’.

    • Caralho Perna, é isso que eu gosto de ouvir. Assim como você, eu fui mudando minha vida aos poucos, e tudo o que eu aprendi na fase de solteiro me ajudaram nas fases de relacionamento também.

      Um dos motivos é porque quando você SABE que você pode conquistar uma mulher a qualquer hora, você cria uma confiança e uma auto-estima que é extremamente atraente para a sua própria namorada.

      E as mulheres sentem tesão em saber que estão com um homem que as outras mulheres desejam.

      Obrigado pelas palavras !

      • Maurcio Perna

        Não tem o que agradecer, cara! Vou continuar acessando e lendo o conteúdo, e procurar dar mais feedback aqui nos comentários. Valeu!